UMA ANÁLISE DE FRAMEWORKS A PARTIR DE ARQUITETURAS CORPORATIVAS

Alfredo Nazareno Pereira Boente, Célio Neder Pedrosa

Resumo


O Mundo passa por processos constantes de mudanças que interferem no próprio fundamento da sociedade, a mudança é tão grande que o ambiente foi ficando mais mutante e mais veloz, novidade a toda hora e imprevisibilidade, fez com que as empresas tivessem que se adaptar e evoluir o tempo todo para não desaparecer. As pessoas deixam de ser peças de engrenagem que se repetem sem pensar, sendo células vivas, ativas, critica e que trocam ideias e sugerem soluções. A arquitetura corporativa tem a capacidade de acompanhar as mudanças mundiais e a apresentação de novos paradigmas. De início, iremos fazer um estudo sobre Arquitetura Corporativa, realizando uma pesquisa sobre funcionamento de duas metodologias de arquitetura e seus respectivos domínios, com isso, estabelecer os pontos positivos e negativos de cada metodologia analisada. Através dos resultados obtidos será feito uma sugestão de uma nova metodologia no qual possa implementar o que de melhor existe entre as metodologias estudadas. A partir dos artefatos e entregas, do modelo de processo e atividades de arquitetura poderemos definir um modelo ideal de arquitetura para cada empresa. Este artigo tem por objetivo mostrar as melhorias que o novo modelo apresenta às organizações em termos de “futuro-presente”.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Edu. Tec.