O PERFIL DAS MULHERES EMPREENDEDORAS DO DISTRITO DE IMBARIÊ – DUQUE DE CAXIAS

Ester Leonardo Cirino Soares, Wagner Salles, Alexandre de Almeida Lima

Resumo


Em todo o mundo vemos a participação crescente das mulheres no mercado de trabalho. No Brasil elas ganham cada vez mais espaço como empreendedoras em vários setores da economia, com maior destaque no comércio e no setor de serviços. Pesquisas indicam que o empreendedorismo feminino cresce pelo fato das mulheres possuírem características naturais que as favorecem na gestão de seus negócios. O artigo tem como objetivo analisar o perfil e as competências das mulheres empreendedoras de Imbariê, terceiro distrito de Duque de Caxias - RJ, além de identificar os motivos que levam um número expressivo de mulheres desta região a empreenderem. Para a elaboração do trabalho, foi realizada uma pesquisa de campo, utilizando entrevistas semiestruturadas para coleta de dados.

Texto completo:

PDF

Referências


BOAVENTURA, Maria Goreti. Gênero e empreendedorismo: Mulheres empreendedoras no setor de moda em Belo Horizonte. Dissertação para Mestrado Acadêmico em Administração. Faculdades Novos Horizontes. Belo Horizonte: 2010. Disponível em < http://www.unihorizontes.br/novosite/banco_dissertacoes/080920101553338362.pdf>.

DOGEN, Ronald Jean. O empreendedor: fundamentos da iniciativa empresarial. São Paulo: McGraw-hill, 1989.

DOLABELA, Fernando. O Segredo de Luísa. 30ª ed. São Paulo: Cultura, 2006.

__________, Fernando. Riscos Bem Calculados: O que é e o que faz o empreendedor. São Paulo: Saraiva, 2010.

DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendimento na Prática: Mitos e Verdades do Empreendedor de Sucesso. Rio de Janeiro: Editora Campus/Elsevia, 2007.

FLEURY, A.; FLEURY, M. T. L. Estratégias empresariais e formação de competências: um quebra-cabeça caleidoscópico da indústria brasileira. São Paulo: Atlas, 2001.

FISCHER, Helen. O primeiro sexo – como as mulheres estão a mudar o mundo. São Paulo. Presença, 2001.

FRANKEL, Lois P. Mulheres lideram melhor que homens. São Paulo. Gente. 2007.

GEM – Global Entrepreneurship Monitor. Empreendedorismo na Região Sudeste do Brasil. IBQP – Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade/2014). Disponível em:

GEM – Global Entrepreneurship Monitor. Empreendedorismo na Região Norte do Brasil. IBQP – Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade /2014. Disponível em:

GOMES, A. F. SANTANA, W. G. P.; ARÁUJO, U. P. Empreendedorismo Feminino: o estado da arte. XXXIII Encontro da ANPAD. São Paulo, 19 a 23 set, 2009.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em:

OLIVEIRA, Cézar A. O Perfil do Empreendedor. 2016. Acesso em 18/04/2016 – Disponível em:

SANTOS, Jonabio Barbosa dos; SANTOS Morgana Sales da Costa. Família Monoparental Brasileira. Revista Jurídica da Presidência, v. 10, n. 92 (2009). Acesso: 02/06/2016 – Disponível em:< www.presidencia.gov.br/revistajuridica>

SEBRAE. Perfil das Mulheres Empreendedoras da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Observatório das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro – Junho/2012. Acessado em 10/05/2016 - Disponível em:

TAKAHACHI, Adriane Roseli Wunsch. Competências, Aprendizagem Organizacional e Gestão do Conhecimento. Curitiba: Intersaberes, 2015.

VILLAS BOAS, Andréa. Valor Feminino: Desperte a Riqueza que Há em Você. Ed. Do Autor – São Paulo, 2010


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Edu. Tec.